“Aquela pessoa difícil"​ não é um extraterrestre, é apenas diferente de você!

Estilos de Interação: saiba quais são e conviva melhor com a sua equipe.


Carreira | Employer Branding | Endomarketing

No início da minha carreira sempre tive muita dificuldade de lidar com algumas pessoas. Pareciam verdadeiros extraterrestres que não entendiam o que eu falava.


Ou isso, ou não me davam a menor bola.


Minha preocupação crescia quando se tratava do meu ‘chefe’, afinal, como mostrar minha competência se ele nem entendia o meu ‘idioma’?


Eu realmente não sabia muito bem como lidar com isso. Mas eu sabia que devia. Pois eu queria crescer naquela e em outras empresas. E se eu quisesse crescer, eu entendia, desde aquela época que eu precisava entender o que estava acontecendo com as pessoas e comigo mesma...


Crescer na empresa não significa apenas ter um bom Curriculum Acadêmico, absorver as melhores tecnologias e buscar os melhores resultados para a empresa. Crescer na empresa impacta diretamente em nossa empatia com o restante da equipe, com outras equipes, com a organização e com os seus stakeholders, afinal, você faz parte do branding da empresa.


Se você deseja profundamente crescer na empresa, a sua sociabilização é fundamental.


Aqui, apresentarei algumas formas de lidar com todos os Estilos de Interação. Uma excelente oportunidade para você se perceber em seu próprio estilo, para te ajudar na performance do relacionamento com a sua equipe. Precisamos primar pelo autoconhecimento e gerenciamento da qualidade das nossas relações pessoais.

O que fazer? Como lidar com os "extraterrestres” que temos pela frente?


Existem 4 tipos de estilos de interação:


1. O pragmático (ou sensorial)


Como é uma pessoa do tipo Pragmática?


Geralmente prioriza os resultados e se comunica de maneira direta; monitora e controla pessoas e custos; lida com pressão e projetos de curto-prazo; assume riscos e decide rápido.


Qual é a melhor forma de você se comunicar com uma pessoa do tipo Pragmática?


Valorize sempre a ação, portanto: seja prático e sucinto. Evite rodeios e floreios. Chegue na hora e respeite horários, prazos e metas. Indique o objetivo da reunião com clareza e a solução que você encontrou para o problema. Detalhamentos poderão (ou não) ser solicitados depois mas, em geral, não gostam muito disso!


2. O racional (ou pensador)


Como é uma pessoa do tipo Racional?


Em geral é uma pessoa lógica, prudente, analítica, planejadora e formal. Tende a ser sistemática e considerada perfeccionista.


Qual é a melhor forma de você se comunicar com uma pessoa do tipo Racional?


Por ser pessoa um tanto formal, e nada influenciável, tende a não se apegar às emoções. Então, não adianta apelar para isso. Aliás, quando estressada, pode até ser considerada fria ou rígida demais. Mas calma, não existe aqui nenhuma pessoa desalmada. Para conversar com pessoas desse tipo não precisa ter medo; receio, apenas siga um raciocínio lógico nas argumentações utilizando detalhes na comunicação. Evite generalizações, argumentos emocionais e associações vagas. São pessoas ótimas com números, dados e cálculos de risco.


3. O Reflexivo (ou intuitivo)


Como é uma pessoa do tipo Reflexiva?


É um tipo que dá grande importância às ideias, aos conceitos e aos objetivos de longo alcance. Considerada imaginativa, criativa e bastante original. Tem mente aberta e é questionadora. Curte projetos de longo prazo.


Qual é a melhor forma de você se comunicar com pessoa do tipo Reflexiva?


Procure priorizar pontos inovadores em seu discurso. Conduza-a a resultados de longo prazo e jamais deprecie suas ideias ou pontos de vista. Apesar de ser uma pessoa imaginativa não gosta de conversas ricas em detalhes. Evite entrar em assuntos pessoais.


4. O Afetivo (ou sentimental)


Como é uma pessoa do tipo Afetiva?


Tende a ser uma pessoa que preza as relações humanas. Faz um esforço a mais pelos parceiros, relacionamentos e gosta do trabalho em equipe e atitudes H2H (human to human). Comunica-se bem, é carismática e lê as pessoas como ninguém. De todos os estilos, é a mais persuasiva e paciente quando se trata de tato humano.


Qual é a melhor forma de você se comunicar com pessoa do tipo Afetiva?


Tente estar próximo e valorize suas atitudes. Evite ser frio e impessoal. Entenda a delicadeza dos pequenos gestos e retribua na mesma proporção. 


Agora que você já sabe que existem 4 tipos de interação e, sob vários aspectos, aproxima-se da personalidade com que você se encaixa no mundo, pode perceber o quanto devemos ter cuidado ao lidar e nos comunicar com as pessoas, não é mesmo?


Muitas vezes a forma de nos comunicarmos atrasa nossos propósitos, denigre a nossa imagem e traz erros de comunicação, porque não nos atentamos que somos pessoas muito diferentes, umas das outras.


“Aquela pessoa difícil" não é um extraterrestre, é apenas diferente de você!


O mais engraçado disso tudo é que, essas mesmas pessoas, devem estar encontrando dificuldade de se relacionar comigo, com você...


Agora que você já possui essa ferramenta, pode lidar com isso de outra forma. Eu tenho certeza que você vai querer fazer isso. Afinal, se você quer crescer na empresa (namorar com aquela/aquele gata/gato; se dar bem com seus pais/professores), vai ter que aprender a gerir pessoas.


Não existe essa de gerir pessoas sem saber gerir a si mesmo.



Jussara Capparelli é Diretora de Atendimento e Planejamento da Outsize, Head em Branding e Marketing – possui especialização em Neurociência e Psicologia aplicada e graduada em Comunicação Social e Administração de Empresas com ênfase em marketing.

Gostou da matéria? Nós da Outsize desenvolvemos estratégias de Employer Branding e Endomarketing para empresas que priorizam captar e reter colaboradores talentosos. Conte conosco você também!



27 visualizações